Please reload

PROCURE POR TAGS: 

02.01.2019

Please reload

POSTS RECENTES: 

SIGA

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • Instagram Clean Grey

Uma Pequena História, Muitas Intensidades...

Ao pensar em mim, nunca imaginei sentir vontade de criar um lugar de expressões e diálogos comigo e com as coisas que me cercam. A inscrição no mundo das ideias e dos escritos sempre me foram um problema, pois de muitas formas não me sentia autorizada a demonstrar em palavras conexas sentimentos e sensações, ou mesmo sobre o mundo que me cercava.  As poucas vezes que o fiz, me (a)parecia, de forma poética, em versos. Por vezes tive vontade de explorar esse meu lado, gosto que flua de forma emocional, como poesia, com emoção, sem estrutura ou modelos prontos como nos versos, estrofes ou métrica própria de um poema.

 

Recordo meu avô (inspiração primeira!), que me chamava num canto de casa e mostrava seus escritos e lembranças de vida, através de seus manuscritos. Eu como neta mais velha era convidada a passear os olhos sobre aqueles textos. De certo era orgulhoso de compartilhar comigo tudo aquilo, mas eu era muito nova para compreender a importância e a potência que tudo aquilo representava. Hoje compreendo, que aquele homem franzino e rígido do interior do Estado de Alagoas/Nordeste/Brasil, o qual carinhosamente chamava de “voinho” tinha o dom de expressar-se amorosamente comigo e com o mundo, através dos olhares traduzidos em suas escrituras. Tudo isso me marcou! Ele escrevia prosa e poesia e já não tenho comigo essas composições, entretanto carrego em mim recordações e a vontade de continuar suas expressões.

 

A menina não deu muito valor aquilo que lhe era mostrado, mas a mulher que hoje me torno reconhece que na simplicidade dos escritos, na amorosidade do olhar, na cumplicidade do compartilhamento haviam muitas intensidades, vivências, experiências e ensinamentos, havia, sobretudo, uma relação e uma (con)vivência entre nós que jamais se apagará.

 

De alguém que dedica este blog às memorias, afetos e ensinamentos de Sizino Ferreira da Silva, à pessoa que viveu a vida para e pela família e com simplicidade e potência, me ensinou a importância de expressar-se e colocar-se no mundo, de muitas formas.

 

Te amo meu poeta!

Fonte da imagem: Autora

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • b-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now